Fatos sobre água que consumimos - Curiosidades


ÁGUA 8 curiosidades incríveis sobre a água que você consome

BRK Ambiental

Você já parou para pensar como a água é uma substância incrível? Ela está em todo lugar: no céu, no ar, no solo, dentro de você e até em Marte! Além da capacidade de dissolver inúmeros tipos de solutos e de auxiliar na manutenção da temperatura do planeta, ela é essencial para as variadas formas de vida que habitam a Terra. Existem muitas curiosidades da água que nem imaginamos! Diante de toda essa importância, é mais do que justo a água ter uma data totalmente dedicada a ela. Assim, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu o dia 22 de março como o Dia Mundial da Água. Essa data tem o objetivo não só de ressaltar a relevância desse patrimônio natural, mas também busca conscientizar a população de todo o planeta sobre a preservação dos recursos hídricos, o direito de acesso à água potável e o consumo consciente. Portanto, em razão da importância desse recurso para a vida no planeta, vamos falar sobre 8 curiosidades da água que consumimos. Quer saber quais são elas? Então, continue a leitura deste texto!

1. O controle de qualidade da água tratada deve ser feito frequentemente Para saber se a água se encontra apropriada para o consumo humano, vários testes devem ser realizados. Esses procedimentos de controle e vigilância são definidos pelo Ministério da Saúde e devem se basear em parâmetros físicos, químicos e biológicos preestabelecidos. Em uma Estação de Tratamento de Água (ETA), alguns parâmetros de qualidade precisam ser monitorados com maior frequência. Entre eles, podemos citar a avaliação de cor aparente, turbidez, pH, concentração de cloro livre e presença de coliformes totais e de Escherichia coli. Nas ETAs da BRK Ambiental, a frequência dessas análises é bastante alta. Para começar, testes com a água captada para tratamento são realizados a cada duas horas. Além disso, são desenvolvidas análises durante e ao final do processo de tratamento, para o controle operacional e de qualidade do produto. Assim, em um único mês, mais de 1.800 testes são feitos com as águas de uma ETA da BRK Ambiental. Quando a captação é realizada por poços, essas análises são realizadas duas vezes por semana, já que essa fonte é mais segura, uma vez que fica menos exposta a focos de contaminação. Porém, em ambos os casos, o controle de qualidade deve continuar nos reservatórios espalhados pelos municípios e na água que chega até o consumidor. Somente dessa maneira é possível garantir que não ocorreu contaminação nas redes de distribuição.

2. O excesso de cloro não deixa a água branca A próxima curiosidade da água é relacionada à sua aparência. Muita gente acha que se a água potável apresenta uma aparência branca, a culpa é da alta concentração de cloro. Entretanto, isso não é verdade, pois o cloro é transparente. Esse produto químico é um eficiente desinfetante, e o Ministério da Saúde exige a presença de cloro em baixas concentrações na água distribuída para prevenir a ocorrência de eventuais contaminações nas tubulações de distribuição. O fenômeno da “água branca” ocorre devido à presença de ar dissolvido na água, muito comum em sistemas com altas pressões. Um bom exemplo disso é aquela espécie de espuma branca que podemos observar na superfície de cachoeiras e rios turbulentos. Quando isso acontecer com a água potável, o consumidor pode fazer um simples teste. É só deixá-la em repouso em um recipiente por dois minutos. Após esse pequeno tempo de espera, ela voltará a ficar transparente.

3. “Água virtual”: o consumo indireto de água potável Nem sempre somos capazes de ver ou tocar a água que consumimos. Ou seja, todos nós gastamos muito mais água além da que usamos para beber, cozinhar, lavar e realizar a higiene pessoal. A “água virtual” faz referência à água utilizada durante a produção de bens de consumo, como alimentos, bebidas, vestuário, eletrodomésticos e meios de transporte. Por exemplo, para fabricar uma única calça jeans são necessários cerca de 10 mil litros de água. Inacreditável, não é mesmo? Assim, quanto menor o consumismo, menor o gasto durante os processos de produção. Dessa forma, controlar os hábitos de consumo é uma maneira bastante eficiente de economizar e preservar os recursos hídricos.

4. A preservação da água é responsabilidade de todos Agora, uma curiosidade da água que é fundamental que todos conheçam: apesar de a Terra ser coberta por água, digna de receber o apelido “Planeta Azul”, apenas cerca de 3% é doce e potável. Além disso, a distribuição desigual dos recursos hídricos pela superfície terrestre afeta a sua disponibilidade, onde algumas áreas têm água em abundância e outras sofrem com secas. Portanto, além dos problemas de distribuição, a escassez é um problema real, já que seu ciclo pode ser afetado por diversos fatores, como poluição, assoreamento, mudanças climáticas e desperdício. A importância do Dia Mundial da Água está justamente na conscientização ambiental e na educação da população para um consumo consciente. Sabemos que alguns hábitos domésticos contribuem para aumentar o desperdício de água. Entre eles estão: tomar banhos prolongados, não fazer manutenção de vazamentos e lavar carros, quintais, calçadas e roupas em excesso. O brasileiro consome, em média, 154 litros de água por dia, 44 litros a mais do que a ONU indica como necessário para atender às necessidades básicas das pessoas. Assim, apesar de o Brasil ser um país com recursos hídricos abundantes, o consumo pela população é bastante alto, o que pode prejudicar diretamente o abastecimento. Um problema tão grande como a possibilidade de escassez de água pode parecer muito grande para que ações individuais façam alguma diferença no cenário global. Apesar disso, especialistas afirmam com unanimidade que a solução passa pela conscientização de todos os setores da sociedade. Cada pessoa pode e deve contribuir com o consumo consciente de água, buscar alternativas e colaborar para ajudar a garantir a oferta de água para todos.

5. A água é fundamental para o desenvolvimento sustentável A questão da água é tão relevante para a humanidade que a ONU lançou, em 2018, a “Década Internacional para a Ação: Água para o Desenvolvimento Sustentável”. Essa iniciativa está diretamente relacionada ao Objetivo de Desenvolvimento Sustentável número 6, que busca assegurar a disponibilidade e a gestão sustentável da água e do saneamento em todo o planeta. Dessa forma, até 2028, as Nações Unidas trabalharão para formar parcerias e melhorar a cooperação entre os países. Afinal de contas, garantir água segura e saneamento adequado para a população mundial é uma tarefa de todos!

6. 80% das mortes são resultantes da ingestão de água contaminada Existem muitas doenças que podem ser transmitidas por meio da ingestão de água contaminada, como cólera, febre tifóide, parasitoses — ameba, giárdia, Cryptosporidium e Cyclospora —, hepatite A e doenças diarreicas agudas de várias etiologias — como Shigella, Escherichia coli, Rotavírus, Norovírus e Poliovírus. Devido ao alto potencial de disseminação por via fecal-oral, a transmissão de pessoa para pessoa aumenta a propagação dessas enfermidades, principalmente em locais onde o esgoto corre a céu aberto ou não há sistema de abastecimento com água tratada. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), uso de água imprópria para consumo, assim como um sistema de esgoto ausente ou inadequado, é responsável por 80% das mortes nos países mais pobres. As doenças relacionadas à água já estão entre as causas mais comuns de morte no mundo todo e afetam especialmente os países ou áreas com condições mais precárias.

7. 97% da água existente no planeta é salgada e está nos oceanos A demanda de água vem aumentando exponencialmente em todo o mundo, mas o total de água doce produzida naturalmente permanece a mesma desde 1950, com previsão de que se mantenha constante até 2050. Embora ¾ da superfície do planeta seja coberta por água, 97% desse volume está nos mares e oceanos. Ou seja, a maior parte da água do planeta é salgada e imprópria para consumo. Assim, a água doce não equivale a mais do que 3% desse total. Além disso, apenas um terço desse volume é acessível para consumo humano, pois está presente em lençóis freáticos superficiais, rios e lagos. A outra parte está concentrada em lençóis freáticos profundos, geleiras e calotas polares. Outro ponto importante é que uma parcela da água potável se encontra poluída, o que diminui ainda mais as reservas disponíveis. Por isso, a escassez de água doce — tão essencial para a vida no planeta — se tornou um problema mundial.

8. 70% da água doce é usada para atividades agrícolas Por fim, como se não bastassem os dados anteriores sobre a pequena parcela de água doce realmente disponível para consumo, esta última curiosidade da água ressalta que a maior parte dela é utilizada na agricultura. Por isso, o setor é prioritário dentro das políticas de controle dos recursos hídricos. Estima-se que cerca de 70% da água doce do planeta é usada para atividades agrícolas, como a irrigação, por exemplo. Os outros 30% são divididos entre as indústrias — que utilizam 20% da reserva mundial — e a população mundial — que usa cerca de 10% das reservas para consumo e atividades de higiene e limpeza. As formas ineficientes de irrigação do solo, as perdas durante o transporte e a contaminação por agrotóxicos são as principais causas desse desperdício. Segundo a Organização as Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), há perda aproximada de 60% da água utilizada para irrigação. O mesmo órgão calcula que uma diminuição de apenas 10% seria capaz de prover água para o dobro da população mundial atual. Uma forma de amenizar o desperdício é a busca por métodos alternativos, como a irrigação por gotejamento e o reaproveitamento da água da chuva. O mundo vive uma crise de água, com bilhões de pessoas sem acesso à água potável, ao saneamento básico e à higiene. Segundo a OMS, 2,2 bilhões de pessoas em todo o mundo não dispõem de serviços de água gerenciados de forma segura. Existem várias curiosidades da água que valem a pena conhecer e ajudam a repensar o uso consciente desse recurso, valorizando cada gota utilizada.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube